quarta-feira, 15 de abril de 2009

A pedidos...TPM

Boa noite meninas, estou afastada um pouco, mas a pedido da minha amiga Li, vou colocar umas dicas para TPM. Espero que gostem!!!!


Há mulheres que detestam ficar menstruadas, outras que se sentem aliviadas quando o ciclo se completa. No primeiro caso, cólicas constantes prejudicam o rendimento no trabalho ou faculdade e, durante a TPM (tensão pré-menstrual), elas chegam a nocautear maridos e namorados. Conheça as causas e, também, soluções para livrar-se de uma vez por todas deste mal estar.

Por que sentimos cólica?

No ciclo menstrual, o óvulo não fecundado é eliminado, causando alterações no endométrio (membrana que reveste o útero). Durante este processo, ocorre isquemia nas células uterinas (baixa irrigação sanguínea), ocasionando dor.
O nome científico da cólica menstrual é dismenorréia primária (as secundárias, são consideradas patológicas). Sua intensidade, branda ou pungente, explica-se pela quantidade de prostaglandina no útero.

TPM, a síndrome

A tensão pré-menstrual ou síndrome pré-menstrual é caracterizada por alterações emocionais, transtornos psicossomáticos e comportamentais. Lesões orgânicas, como a queda de prostaglandina e várias vitaminas, como a B6, A e E são produzidas por influências psíquicas, consideradas, até hoje, um "mistério".
Por exemplo, a ginecologista e obstetra Denise Drumond explica que a mulher com TPM sofre de um certo "transtorno do eixo hipotálamo-hipófise-ovário", mas por que isto acontece, a ciência ainda não conseguiu explicar.
Além da alteração em áreas cerebrais de extrema importância (a hipófise, por exemplo, controla a temperatura do corpo e o sono), durante a síndrome há queda de beta-endorfinas, de prostaglandina (do tipo F2-alfa, E2, D) e vitaminas B6, A e E, além de refração líquida. Nesta época, a mulher pode sofrer de depressão, oscilações de humor, ansiedade e dor nos seios.

Solução natural: dieta e exercício físico

• Evitar - substâncias estimulantes, como derivados de cafeína, cola e xantina
• Não fume!
• Reduzir - uso de bebida alcóolica, sal marinho e açúcar refinado
• Preferir - alimentos diuréticos, como morango, melancia, salsa e agrião.
• Em sua dieta, dê preferência a verduras e legumes.
• Habitue-se a dormir bem
• Pratique exercício físico regularmente, eles propiciam o auto-controle e estimulam a produção de beta-endorfinas no organismo. As atividades mais recomendadas são: hidroginástica, yoga, tai-chi-chuan e massagens relaxantes.

Espero que tenha ajudado...bjks

4 comentários:

  1. Oi amiga. Obrigada pelo comentário. Ahhh, adorei as dicas de TPM....vai me ajudar e muito, porque tenho uma TPM terrivel, hehe.
    Seu blog está show.

    Boa semana!!

    Beijos

    Hari

    ResponderExcluir
  2. valeu as dicas sim Vanessa, obrigada pelas visitas amiga e pelos comentários, ando numa moleza, espero que semana que vem seja tudo diferente.

    ResponderExcluir